Hayley Williams Online entrevista Hayley

O fã clube Hayley Williams Online entrevistou a vocalista Hayley. Confira a tradução:

EXCLUSIVO Q&A entre mim (HAYLEY ONLINE) e Hayley Williams

 

Quem influencia mais você musicalmente? 
– Os fãs do Paramore. Quando escrevo, eu sempre nos imagino tocando a música que estou escrevendo e como vocês vão reagir a ela. Ela não tem que ser rápida e alta, ela pode ser qualquer tipo de música … Eu só imagino que tipo de emoções que poderiam suscitar no meio da multidão e que me inspira.

Quando você começou a banda, você chegou a pensar que ia ser tão grande como é hoje? 
– Quer dizer, eu sempre quis estar numa banda e com certeza, eu queria ser bem sucedida, mas quando começamos nenhum de nós realmente se importava. Nós só queríamos tocar músicas juntos. Depois que escrevemos “Hallelujah” eu pensei, este homem poderia ser realmente algo grande. Isso foi totalmente emocionante. Mas não há nada que corresponda a esse sentimento de que só queríamos nos encontrar para algumas horas de congestionamento por nenhuma razão.

Qual é a sua coisa favorita sobre os fãs de Paramore? 
– Minha coisa favorita sobre vocês é o quão diverso vocês são. O mundo é tão grande e tão pequeno ao mesmo tempo. Eu adoro conhecer culturas diferentes e vendo como pessoas diferentes e estilos de vida estão ao redor do mundo … e depois ver como a música nos dá algo em comum.

Como você se sentiria se Lady Gaga fizesse uma música nova e lhe pedisse para trabalhar nela? 
– Haha! Eu provavelmente desmaiaria. Realmente, ela é tão absurdamente talentosa. Eu assisti a sua HBO especial algumas vezes já. Se ela me pedisse para cantar com ela eu não sei se eu me sentiria digna.

Se você pudesse fazer cover de uma música e tocar ao vivo, qual seria? 
– Nós amamos tocar covers! Nós não fazemos isso com muita freqüência mais .. mas quando sentimos que seria bom para um determinado show, a gente só aprende qualquer coisa que todos nós gostamos. Nós estivemos brincando sobre covers de Adele por causa que todos nós amamos muito esse. Além disso, eu não cantava R&B ou soul music em um palco desde que eu tinha uns 13. Seria bom fazer isso de novo para se divertir. Isso é realmente onde eu comecei.

O quote (ditado) que você vive? 
– Minha avó sempre disse: “Eu sou mulher, me ouvir barulho” .. e eu sempre pensei que era apenas uma brincadeira, até alguns anos atrás, quando eu percebi que tinha uma força muito mais do que eu estava me permitindo. Agora, eu não deixo as pessoas me empurrar tanto. Eu entendo que só porque sou uma mulher forte não significa que eu sou uma grande puta ol ‘. Há um equilíbrio. Você pode ter graça e força ao mesmo tempo.

Qual é a coisa mais estranha que uma fã já lhe deu? 
– Oh homem! Foram tantos presentes estranhos … Eu não posso nem pensar em todos os entes mais estranho porque tem havido tantos. Quer dizer, uma vez que temos as asas de frango frio e pizza de queijo da Pizza Hut. Isso foi estranho e terrível.

Se você pudesse entrevistar uma pessoa, quem seria e por quê?
– Loretta Lynn. Ela é uma pistola de uma mulher e uma compositora incrível. Além disso, quero dizer, eu sei que não crescem nas colinas do Tennessee, mas nós duas estamos em casa as mulheres do sul … eu sinto que não haveria muito a relacionar-se em suas histórias.

Momento mais memorável em turnê? 
– Atração principal na arena O2 era enorme. Vendo o nosso nome na marquise para esse lugar era irreal! Eu nunca vou esquecer.

Você gostaria de cantar com Alex Gaskarth? 
– Eu vou soar como uma ducha se eu disser que não, mas deixe-me explicar … Neste ponto, eu coloquei a minha voz em um lote de registros. Queda de Outubro, O Carro, Say Anything, New Found Glory, definir suas metas, um cover de Weezer .. Eu me sinto como se eu tivesse esgotada um pouco da cena punk em muitas maneiras. É uma coisa a fazer um pouco para trás até peça para se divertir, mas se eu continuar colocando meu nome em tudo o que vem depois, eventualmente, as pessoas vão estar doente da minha voz, mostrando-se nas canções de sua banda favorita.

Como foi sair em turnê com o No Doubt e ser capaz de cantar com Gwen Stefani?
– Foi tão selvagem quanto você poderia imaginar. Eu me senti como me beliscando a cada noite. Eles são o sonho final … Claro, eles já tinham as suas próprias dificuldades, mas olhe o quão longe eles vêm como amigos, como uma banda, como indivíduos. É extremamente motivador.

Como foi a experiência de ter você toda em Guitar Hero e sendo a primeira mulher no jogo? 
– Tiveram de fazer todas as minhas “palhaçadas em palco” e pulando de caixas enormes e desembarque em uma espécie de deus do rock tipo de pose. Parecia livro tão cômica, que foi realmente emocionante. Eu nunca entendi realmente o peso de mim ser a primeira garota do jogo até meio depois. Na verdade, eu ainda não entendi isso totalmente. É apenas uma honra, né? Por que eu? Eu me sinto abençoada que as pessoas se preocupam em tudo.

Veja a entrevista original AQUI.

Traduzido por: Choose Paramore BR.

Postado por: Thaís Caroline.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s