Paramorefans.de entrevista Taylor

Paramorefans.de: Voltando um pouco no tempo, você poderia nos dizer qual a sua primeira memória musical? Qual foi a primeira banda que realmente mexeu com sua alma? Qual é o show mais memorável que você já foi como um fã?

Taylor: A minha primeira memória musical é cantar músicas divertidas com a minha mãe e meu pai quando eu era criança. Nós nos divertíamos muito fazendo  canções bobas. A primeira banda que mexeu com a minha alma foi Switchfoot. Em todas as fases da minha vida, sua música e amizade mudou e me desafiou. Banda incrível e pessoas incríveis. O show mais memorável que eu já estive foi quando estava vendo mewithoutYou no Cornerstone  acho que em 2004. Eu nunca tinha visto nada parecido. Mudou minha vida.

Paramorefans.de: O que você acha que mudou mais na personalidade, comportamento ou opinião sobre a vida de outros membros da banda?

Taylor: Eu acho que como uma banda que acabou de aprender como realmente aceitar uns aos outros e abraçar as diferenças de cada. Eu sei que falamos muito sobre isso, mas parece que finalmente estamos começando a pegar o jeito dele, é tão emocionante! Nossa amizade esta melhor do que nunca. Há mais alegria, amor e esperança entre nós que tivemos em anos!

Paramorefans.de: Como você se sente sobre a dedicação de fãs como Paramore relacionados com tatuagens e fãs que viajam ao redor para vê-lo? Qual foi a melhor impressão de um fã que já tiveram?

Taylor: Significa mais do que todos jamais saberão. Honesta é surreal. Eu me sinto abençoada por ser parte desta família! A dedicação e sacrifício nunca passa despercebida!

Paramorefans.de: Todo artista quer expressar algo, uma espécie de mensagem com sua música. Existe algum tópicos, emoções ou mensagens que você não quer expressar com suas músicas? Por quê?Taylor: Eu acho que há um monte de coisas que não queremos expressar ao povo, mas pessoalmente, a idéia da insignificância é a que mais me incomoda. Recentemente, ouvi músicas falando sobre a idéia de que, nada do que fazemos nesta terra, não tem importância, não há nada, além disso.Todo mundo é livre para ter suas próprias opiniões sobre isso, claro, mas isso sempre me deixa triste e insignificante.Eu sinto que há o suficiente no mundo que nos faz sentir desta forma, e nós não queremos acrescentar a isto. Você é importante e há esperança!

Paramorefans.de: Você pode imaginar a mistura de trabalhos futuros com diferentes tipos de instrumentos ou outros tipos de música para criar novos sons incomuns?

Taylor: Nós sempre queremos tentar coisas novas. Eu posso imaginar por dias, mas vamos vero que realmente acontece!

Paramorefans.de: Qual foi o rumor mais louco que vocês já ouviram falar sobre si mesmos?

Taylor: Que nós acabamos. QUEM DISSE ISSO?!

Paramorefans.de: Que tipos de sonhos você tem além dos relacionados a música?

Taylor: Casar, ter uma família, e tentar amar as pessoas da melhor maneira que posso!

Paramorefans.de: Você usa roupas, jóias ou tem sempre alguma coisas em você que carregam um valor emocional? Que tipo de coisas que significam muito para você, você está sempre carregando?

Taylor: Eu realmente não. Eu estou sempre com medo de trazer coisas de valor comigo por medo de que eu poderia perdê-las!

Paramorefans.de: O que é positivo ou negativo quando você toca em grandes lugares nos Estados Unidos ou no Reino Unido e então vem para países como a Alemanha e toca em pequenos lugares?

Taylor: Eu não tenho certeza se é realmente justo para listar os pontos positivos e negativos de cada um honestamente. Eles são apenas diferentes. Nós amamos os dois de forma igual. De energias diferentes, de produções diferentes, fãs diferentes. Acho que ambos fazem uns aos outros especiais.

Paramorefans.de: Um monte de músicas no Brand New Eyes são sobre seus conflitos dentro da banda e os tempos difíceis durante 2007/08. Como você lidou com isso este tempo e como mudou a si mesmo? O que você aprendeu, passando por um período tão difícil?

Taylor: Acho que foi pela graça de Deus e pelo apoio esmagador e dedicação de nossos fãs.Foi muito difícil, mas conseguimos através disso, felizmente. Nós todos crescemos muito desde então. Eu sei que para mim pessoalmente, me fez entender muito mais. As pessoas nem sempre vêem as coisas do jeito que eu vejo. Na verdade, eles quase nunca fazem isso! Eu acho que todos nós aprendemos como amamos essa família Paramore ainda mais do que pensávamos.

Paramorefan.de: Você acredita que as pessoas estão sendo muito ignorantes com os outros ao seu redor e quer dizer imediatamente o que eles acham, especialmente quando eles são amigos?

Taylor: Cada situação é diferente. Eu estou lutando com isso agora. Ainda tentando descobrir tudo, mas acho que o que eu estou aprendendo é simplesmente abordagem e honestidadede de maneira amorosa. Seja honesto, se você sente que é construtivo, mas há sempre uma forma diplomática de comunicar isso. Eu acho que cabe a todos nós, individualmente, para descobrir o que isso significa. Essa é minha opinião.

Paramorefans.de: Se você pudesse escolher um personagem do filme, quem você gostaria de ser e por quê?

Taylor: Qualquer personagem interpretado pelo Bill Murray porque ele é o melhor em tudo.

Paramorefans.de: Que histórias (livros, filmes), humanos (família, amigos, estrelas) ou eventos têm influenciado fortemente a sua personalidade?

Taylor: Todo mundo que está perto de mim influencia fortemente a minha personalidade. Meus pais, meus irmãos, minha irmã, minha sobrinha, meus amigos, meus companheiros de banda, minha comunidade. Todo mundo acrescenta um pouco de algo para mim, sabe?Tanto nas histórias?

>  http://www.youtube.com/watch?v=EZJJtw2DHfY

Paramoreanfs.de: Você acha que esta começando e liderando uma nova era de bandas? Por exemplo, como vocês conectam esse estilo do rock com valores adicionais (família,estilo de vida simples…). Poderia este tipo de vida da banda ser o futuro de sucesso da música rock?

Taylor: Bem, nós certamente não somos a primeira banda a se conectar nesses dois  dois mundos, mas eu só posso esperar que há muitos mais e poder incentivar outras bandas a permanecer fiéis ao que eles acreditam. Definitivamente  não é uma coisa “legal”, mas eu não acho que seja realmente sobre ser “legal”.Não é por isso que estamos em uma banda, pelo menos não mais haha.

Fonte
Postado Por: Helena Peromingo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s