Diario de turnê da Hayley – Parte 5

Paramore esteve em muitas notícias no final do ano passado devido a saída muito comentada de 2 membros. A banda, porém, está de volta com uma nova formação, fazendo shows, e, pelo que aparenta nos diários de turnê cortesia da vocalista Hayley Williams, estão mais fortes do que nunca. Aqui a quinta parte de Williams, na qual ela relata tocar em Singapura com os companheiros de tour The Swellers.

Nossa viagem a Cingapura foi um momento agridoce (amargo-doce).

Este foi o último show que tocamos fora do Estados Unidos. Nós realmente não queriamos que essa viagem acabasse. Eu ainda não estou certa de que aceitei completamente o fato de nós termos fãs suficientes nessa parte do mundo para vir até aqui e tocar shows. Muitas bandas pulam algum desses países porque honestamente, custa muito dinheiro vir até aqui e não tem como prever como as coisas irão sair até você de fato ir. Graças a Deus nós finalmente temos alguma idéia disso. Todos esses lugares foram novos para nós exceto Singapura. Nós viemos aqui a um ano e meio atrás e tocamos para uma platéia incrível de pessoas. E eu estou começando a pensar que aquela platéia é parcialmente responsável pelo fato de que nós fomos capazes de voltar pra esse lado do mundo tão rápido… e até tocar em lugares novos como Hong Kong, Bali e Jakarta. Então tendo dito isso, muito obrigada Cingapura!

 

Não apenas foi o último show do ano fora do US, foi também a última noite que nós dividiriamos o palco com nossos amigos The Swellers. Olha, não deixem eles começarem com o assunto, mas por alguma razão nós não teremos eles no último show que ira acontecer no, ahem, Havaí. Eu sei, eu sei… nós somos obviamente os piores amigos de todos. Não tenho certeza o que saiu errado ai mas uh, em todo o caso. Nós decidimos que já que Singapura seria nossa última parada juntos nós todos iriamos sair.

Em outras palavras, nós fomos no Night Safari na noite anterior ao show, comemos batatas fritas no troller que nos levou através de criaturas tão majestosas como “o javali-barbado”, e voluntariamos Anto (baxista do Swellers) para vencer seu medo por cobras segurando a maior, a mais enorme, a mais gigante cobra que eu já vi em toda minha vida. Quero dizer, eu não teria feito isso. Nunca.

O dia do show foi ainda melhor. Apenas que justo nesse dia, de todos os outros dias, uma convenção de quadrinhos estava em Singapura. Sendo que estavamos em Singapura, claramente não tinha outra opção a não ser comparecer. Quando eu digo que essa foi uma das minhas atividades extracurriculares on-tour favoritas, é melhor você acreditar que foi uma das minhas favoritas de TODAS. Nós ficamos por algumas horas, tentando lidar com mangas japoneses, tirando fotos com Stormtroopers (do Star Wars) e Predadores, e basicamente, esquecendo por completo nossa vida adulta. Como nós iremos algum dia superar isso? Nós provavelmente não iremos. Essa é a parte amarga. A parte doce, porém, é o fato que nós tivemos um show incrível. The Swellers foram ótimos como sempre e eu estava muito animada de ouvir a platéia cantando junto com eles enquanto nós ficavamos prontos. Na hora que fomos pro palco já parecia que o lugar inteiro estava prestes a explodir. Nós estamos falando de um lugar bem grande também. Na verdade, eu nunca pude expressar como é bom o sentimento de tocar no “Indoor Stadium” de Singapura. Então deixe-me apenas dizer que é bom. Bom pra caralho.

–HAYLEY

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s